Uncategorized

Sessão de Arquitetura Acessível: Organização da Casa

por Beatriz Terra e Bárbara Pacífico

Sejam muito bem-vindos a mais uma publicação da Sessão de Arquitetura Acessível! Se você ainda não conhece, nessa sessão do blog apresentamos todos os assuntos relacionados à arquitetura visando ajudar você a adaptar a sua casa do jeito que você precisa e trazemos também muitas informações relevantes, afinal conhecimento nunca é demais! E essa semana, viemos trazer pra vocês alguns métodos de organização e destacar a importância de desenvolver essa característica tão exigida na vida…

A organização é capaz de desenvolver muitas das características da personalidade dos seres, observando que as expressões pessoais estão expostas no ambiente do lar. Barone e Gomes (apud Felippe, 2010), afirmam que “A casa como habitação é uma projeção do homem que vive no mundo, que existe no mundo, traz também o reflexo da sua personalidade. Satisfazendo assim, as necessidades fisiológicas e psicológicas do indivíduo”.

De acordo com Carvalho et al (2011), a psicologia estuda essa área através da psicologia ambiental, que consiste num conhecimento multidimensional que agrega o meio físico em que se vive, associando-o a condições sociais, econômicas, políticas, culturais e psíquicas de um determinado contexto. 

Tudo e todos fazem parte do ambiente, todas as alterações sofridas o modificam. Isso implica dizer que a configuração possibilita mudanças de comportamentos. Essa constatação pode ser observada quando falamos sobre a pandemia. Em um momento em que precisamos nos isolar e ficar em casa, a casa ganhou muito espaço para discussões, tendo em vista que quanto mais tempo se passa dentro de um espaço, este passa a nos influenciar psicologicamente.

É por isso que todo espaço, principalmente o nosso lar, deve ser pensado relacionando questões arquitetônicas e psicológicas. E essas questões vêm sendo sempre destacadas em todas as publicações aqui da sessão. As normas existem para que espaços públicos possam atender à maior diversidade de pessoas possíveis, considerando também que para cada tipo de usuário e serviço, o ambiente deve se apresentar de uma forma, considerando cores e objetos, pois tudo e todos possuem influência sobre nós.

O cenário de pandemia possibilitou novos olhares em volta da casa e sua perspectiva de organização, onde o espaço vai além do estético e precisa constantemente ser funcional. Carvalho et al (2011), promove que o lar tem a ideia de “um lugar a habitar, a conhecer, a cuidar, isto é, nosso ambiente cotidiano com seus componentes socioculturais […]”. A maior frequência em casa, possibilitou questões frente aos desafios de organização e do comportamento…

Carvalho (2011), afirma que a organização oferece suporte para diversas formas de organização social, pois faz direta comunicação com usuários, facilitando ou dificultando as atividades, simbolizando a intenção e valor das pessoas. Além disso, a organização da casa pode ser ampliada em diversos aspectos, tais como: conforto, identidade, motivação e autonomia. A organização é determinada e dirigida de acordo com um contexto, de uma forma significativa para a pessoa, expondo suas significações e expressões.

MÉTODOS DE ORGANIZAÇÃO

Existem alguns meios de se garantir uma boa organização, você pode começar organizando a sua semana e/ou o seu dia, estabelecendo horários para a realização de certas atividades. Através desse exercício, será possível criar um hábito de organização que poderá ser colocado em prática também no ambiente em que se vive.

Uma excelente referência de método para organização é o método Feng Shui, que busca organizar o espaço também na área energética, pois considera que cada objeto possui e transmite uma energia. Sendo assim, acredita-se que cada ambiente deve ser composto apenas por aquilo que se faz necessário, caso contrário, haverá um acúmulo de energia espacial que acaba por atrapalhar o decorrer do dia a dia.

  • Feng Shui

Primeiramente, é importante saber que existem vários tipos de Feng Shui, dentre eles: escola do chapéu negro, dos elementos e da forma; bússola; e radiestesia. Cada tipo aborda o método através de uma técnica. A escola do chapéu negro faz uso do baguá, um mapa de oito lados que divide a vida em 9 nichos. 

Tipos de Baguás

Cada nicho especifica um elemento (escola dos elementos), uma forma (escola da forma), uma direção da rosa dos ventos (bússola), uma cor, uma planta e/ou uma pedra que possa compor o ambiente de acordo com a área da vida a qual se deseja investir. A radiestesia, no entanto, faz o uso de ferramentas gráficos, chumbos, cobre e Mesa Radiônica Quântica. Essa técnica é usada para captar ou transmitir a energia de algum objeto.

  • Nichos: sucesso, relacionamento, criatividade, amigos, trabalho, espiritualidade, família e prosperidade.

É importante frisar que cada baguá possui alguma nomenclatura diferente, assim como suas especificações, e você pode escolher o baguá que seja mais possível de ser usado. Além disso, separamos algumas dicas de como colocar o Feng Shui em prática de forma rápida:

  1. Evite colocar objetos na entrada de casa, pois é preciso espaço para que a energia flua.
  2. Mantenha a porta do banheiro e a tampa do vaso sanitário fechadas, evitando que as energias que foram descartadas não contaminem os outros ambientes.
  3. Uma fonte de água corrente pode atrair prosperidade, criatividade e dinheiro.
  4. Evite colocar objetos pesados acima da cama e espelho como cabeceira da mesma.
  5. Em qualquer ambiente, deixe apenas o essencial à vista.
  6. Posicione mesa de escritório e cama de forma que possa ver a porta.

Além do Feng Shui, uma especialista em organização pessoal viralizou nos últimos anos após criar o Método KonMari que dá dicas de organização. Marie Kondo lançou dois livros (1 e 2) e também ganhou uma série no streaming da Netflix.

  • KonMari

Esse método gira em torno de sentimentos e sua decisão deve ser tomada a partir da pergunta: “Isso me faz feliz?” Se sim, mantenha. Se não, já sabe o que fazer…

O método, além de ser aplicado em casa, pode ser aplicado no trabalho, ajudando a priorizar as atividades a serem realizadas e assim, conseguir organizar melhor o tempo que possui. Assim, haverá mais produtividade no seu dia a dia, visto que não perderá tempo com o que não é necessário. É muito importante também que você se sinta bem no ambiente em que trabalha, pois só assim se sentirá ainda mais inspirada (o) a se dedicar ainda mais.

Além dessas dicas, Marie Kondo ensina como dobrar e organizar as roupas e os objetos de forma que tenha um fácil acesso e que não seja bagunçado tão facilmente assim.

  1.  Mantenha seu ambiente limpo.
  2. Categorize e otimize os itens.
  3. Esteja sempre atento ao que sente ao usar uma roupa, ao trabalhar em um ambiente, ao ver algum objeto, pois não é saudável ter energias negativas à sua volta.
  4. Adeque funções: se não trouxer felicidade, mas for necessário, reveja sua função.
  5. Tenha gratidão por tudo que já te foi útil e que após sua análise, não é mais.

É claro que existem diversos outros métodos para serem aplicados na organização. Esperamos que esse post tenha sido útil para você e sinta-se livre para escolher a técnica que sentir que vai te beneficiar e aproveite! Se você tiver mais alguma indicação a fazer ou uma dica, deixe aqui nos comentários!!

INDICAÇÕES

https://ifrs.edu.br/ibiruba/wp-content/uploads/sites/4/2020/06/Como-organizar-a-rotina-na-quarentena.pdf

série: Ordem na Casa com Marie Kondo (Netflix)

série: The Home Edit (Netflix)

programa de tv: Santa Ajuda (GNT)

livro: A mágica da arrumação e Isso traz alegria, de Marie Kondo.

Referências 

CAVALCANTE, Sylvia; ELALI, Gleice A. (org.). Temas básicos em psicologia ambiental. Rio de Janeiro: Vozes, 2011. 218 p.

BARONE, A. C. M.; GOMES, G. F. M. Arquitetura e Psicologia: A Importância do Espaço Físico no Acolhimento Institucional Temporário para Crianças e Adolescentes.

Feng Shui: O que é e dicas simples para inseri-lo em sua casa – Cuidaí (cuidai.com.br)

8 princípios do Feng Shui fáceis de seguir em uma casa moderna | CASA.COM.BR (abril.com.br)

Método Konmari: como aplicá-lo no trabalho e na carreira (digilandia.io)