Blog, Podcast

#6 Xadrez é vida – com Kênio Menezes

Quando um hobby se torna parte do seu propósito de vida?

Nosso convidado é apaixonado pelo Xadrez, ele diz que além de jogo, é também ciência e arte. Além de professor, técnico e entusiasta do esporte, Kênio Menezes é formado em psicologia e em seu trabalho no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Pernambuco – Campus Recife (IFPE) ele incentivou muitos de seus alunos a encararem campeonatos como uma maneira de socializar e fazer amizades. Confira no último episódio desta temporada uma conversa sobre o ensino e democratização do xadrez em Pernambuco e no Brasil, além de diversas curiosidades sobre este universo.

Esperamos que possam curtir a nossa conversa!

Siga o @buscaespecial no Instagram para ficar por dentro das novidades!

Escute agora o episódio por aqui 👇

Confira aqui a Transcrição do Episódio 6

Podcast

#5 – Empreendedorismo – com Arthur Coutinho

Você já pensou em como o empreendedorismo pode transformar vidas?

Tirar ideias do papel e convertê-las em práticas é o sonho de qualquer empreendedor. Nosso convidado, Arthur Coutinho, quer ir além em seu trabalho de consultor contábil, ele acredita que é possível ajudar mais as pessoas e busca transformar a vida de outros empreendedores, junto ao seu sócio Diego Vergara e aos colaboradores da ATC Consultores. Arthur compartilhou alguns casos e histórias conosco, foram reflexões excelentes sobre empatia e resiliência empresarial.

Esperamos que possam curtir a nossa conversa!

Siga @arthurgcoutinho, a @atcconsultores e o @buscaespecial no Instagram para ficar por dentro das novidades!

Escute agora o episódio por aqui 👇

Confira aqui a Transcrição do Episódio 5
Podcast

#4 Inclusão Digital – com Fernando Marroquim

Sem a tecnologia, como estaríamos vivendo nos dias de hoje?

Iniciamos o quarto episódio do nosso podcast com essa reflexão. Conversamos com Fernando Marroquim, formado em Sistemas para Internet, especialista em Gestão de Tecnologia da Informação e Coordenador do Núcleo de Inclusão Digital (NID) da ONG Movimento Pró-Criança, em Recife. Nosso convidado percebe a tecnologia como um meio transformador para que os jovens possam alcançar tudo aquilo que almejam na vida. Além de tratarmos do assunto da exclusão e da inclusão digital, falamos sobre as ações do Núcleo na promoção de cidadania e do fomento do empreendedorismo social, sem deixar de lado o papel de responsabilidade socio-ambiental.

Esperamos que possam curtir a nossa conversa!

Siga @fernando_marroquim, o @nucleodeinclusaodigital, o @procrianca e o @buscaespecial no Instagram para ficar por dentro das novidades!

Escute agora o episódio por aqui 👇

Para ler o episódio, confira a transcrição abaixo.
Podcast

#3 Protagonismo Jovem – com Abigail Souza

Os jovens são o futuro do mundo, mas, também são o presente

Já parou para pensar no quanto as suas atitudes impactam o futuro de outras pessoas? No terceiro episódio do nosso podcast entrevistamos Abigail Souza, jovem de 24 anos que já tem um currículo extenso e um propósito de impactar positivamente a vida de outras pessoas através da educação e do empreendedorismo social. Desde criança espelhou-se em sua mãe para conquistar seus objetivos, aos 7 anos já começava a se interessar pela área de empreendedorismo e, durante o ensino médio, encantou-se por tecnologia. Algumas das atividades que já desempenhou ao longo da carreira são nas áreas de gestão de pessoas, gestão de projetos, planejamento estratégico, metodologias ágeis e liderança. Ela já trabalhou em organizações como a AIESEC e também já participou de programas como a Campus Party Brasil.

Esperamos que possam curtir a nossa conversa!

Siga @abigasouza e no Instagram siga o @buscaespecial para ficar por dentro das novidades!

Escute agora o episódio por aqui 👇

Para ler o episódio, confira a transcrição abaixo.

Blog, Podcast

#2 Empregabilidade – com Maykson Assunção

A educação pode transformar a vida das pessoas

Se cada cabeça é um mundo, que tal transformar vários mundos através da educação? Admiramos o trabalho dos educadores e queremos trazer um pouco de suas experiências para o podcast. Foi com muito carinho que Maykson Assunção, educador social sênior do projeto Coletivo Jovem e mobilizador do projeto Recode da Microsoft, aceitou o nosso convite e compartilhou conosco um pouco de sua trajetória.

Esperamos que possam curtir a nossa conversa!

Siga @mayksonassuncao, @institutococacolabrasil, @solarcocacola e @procrianca no Instagram @buscaespecial para ficar por dentro das novidades!

Escute agora o episódio por aqui 👇

Para ler o episódio, confira a transcrição abaixo.
Podcast

#1 Psicologia com Propósito – Ivalda Marinho

Inauguramos o nosso podcast no melhor estilo!

Ivalda Marinho, Sócia Fundadora, Diretora Técnica e psicóloga do Busca Especial conversou sobre a atuação na Clínica de Psicologia e sobre a trajetória desde a descoberta de sua vocação.

Ela, que sempre foi uma profissional dedicada e estudiosa, compartilhou conosco muitas histórias e conhecimentos sobre a áreas da psicologia escolar e educacional. Falamos sobre a atuação do profissional de psicologia no ambiente escolar e sobre o quanto os professores são seus grandes aliados! Lembramos de histórias de sua faculdade e de sua atuação no Instituto Federal de Pernambuco, lugar que ela tem bastante carinho até hoje.

O projeto inicial do Busca Especial permitiu a ela abrir caminhos e também navegar por um outro horizonte que é a psicologia no ambiente do consultório, mais reservado e calmo, onde ela estabelece uma relação diferenciada com seus atendidos. Vida longa aos novos caminhos!

Esperamos que possam curtir a nossa conversa!

Siga @ivaldamar e o @buscaespecial no Instagram para ficar por dentro das novidades!

Escute agora o episódio no Spotify ou no Anchor!

Episódio 6 – Xadrez é Vida – Apresentando Kênio Menezes Busca Especial – Psicologia e Educação

Qual impacto o esporte tem na sua vida? 😀 Kênio Menezes sempre foi um apaixonado por xadrez. Durante a adolescência foi campeão de xadrez no Colégio de Aplicação, também foi professor de xadrez da Associação Atlética do Banco do Brasil e hoje é técnico do time de xadrez do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Pernambuco – Campus Recife. Sua influência como enxadrista e seus aprendizados em todos esses anos são inegáveis. Por isso ele é o convidado do nosso 6 episódio e último do Podcast Busca Especial. Onde ouvir? Pelo site http://www.buscaespecial.com/blog  ou pelo link da Bio. Você confere o nosso Podcast nas seguintes plataformas: ▶️ Spotify ▶️ Anchor ▶️ Google Podcasts ▶️ Pocket Casts ▶️ Breaker ▶️ Radio Public Também disponibilizamos a transcrição para leitura no site.😉 #PraTodosVerem: Essa imagem possui texto alternativo. #podcastbrasil #podcast #xadrezbrasil #xadrezpedagógico #educação
  1. Episódio 6 – Xadrez é Vida – Apresentando Kênio Menezes
  2. Episódio 5 – Empreendedorismo – Apresentando Arthur Coutinho
  3. Episódio 4 – Inclusão Digital – Apresentando Fernando Marroquim
  4. Episódio 3 – Protagonismo Jovem – Apresentando Abigail Souza
  5. Episódio 2 – Empregabilidade – Apresentando Maykson Assunção

Blog

Aplicativos que você precisa conhecer para aprender Libras

Certamente você já ouviu falar de Libras, a Língua Brasileira de Sinais. Já deve ter visto pessoas se comunicando usando essa língua. Pode até mesmo ter tentado aprender antes. A principal forma de comunicação e alfabetização de pessoas com deficiência auditiva é considerada a segunda língua oficial do Brasil desde 2002.

E sendo não somente uma fonte de inclusão e crescimento profissional, Libras contribui culturalmente e educacionalmente no meio coletivo do país e é, em si, uma forma de conscientização.

Se utilizando de gestos, expressões faciais e corporais para construir seu diálogo, essa língua é imprescindível ao meio que busca cada vez mais o bem-estar social e um coletivo mais unificado.

É por isso que existem diversos cursos, projetos, disciplinas e atualmente, aplicativos, no qual o ensino de Libras é realizado de forma didática e na grande maioria das vezes, gratuita. O Busca Especial pesquisou e trouxe uma lista com os melhores aplicativos totalmente gratuitos para você, que quer saber um pouco mais e pensa até mesmo em dominar essa língua.

Vamos lá?

1. Hand Talk Tradutor

Apresentando Hugo, um intérprete virtual 3D que não só traduz, mas também ensina Libras e ASL (Língua Americana de Sinais), o Hand Talk possui uma ótima avaliação no ranque das plataformas e está disponível tanto para Android quanto para iOS. 

O aplicativo disponibiliza vídeos ensinando Libras, com o Hugo auxiliando no processo, o que facilita a memorização e compreensão dos gestos. O Hand Talk também permite salvar conteúdos para serem usados futuramente. É mais indicado para quem já possui uma base da língua e quer compreender mais sobre seus processos.

2. Alfabeto LIBRAS

Para quem tá começando agora, esse é o ideal. O Alfabeto Libras trabalha com uma variedade de jogos tornando o aprendizado dinâmico e divertido. O aplicativo visa ensinar o alfabeto não somente para adultos, já que possui uma versão mais infantil, o que permite um trabalho inclusivo desde os primeiros anos. Ele está disponível também para o Android e iOS.

3. Librário: Libras para todos

Outro que ensina divertindo é o Librário. Com duas opções de jogos, o aplicativo possui 81 vídeos educativos mostrando como fazer o sinal de cada palavra do jogo. 

O objetivo do aplicativo é promover a integração entre surdos e ouvintes. É considerado um baralho da comunicação visual-motora. Também está disponível no Android e no iOS.

4. Jogo Quiz de Libras

Esse aplicativo é o mais completo entre os que já foram mencionados, ele promove o aprendizado por meio de questões de diversos níveis sobre o alfabeto e os números em Libras. O Quiz de Libras possui também um conjunto de imagens que facilitam no momento do aprendizado. Até o momento, ele só está disponível para Android.

5. Aitken -Aprender LIBRAS

O Aitken ainda está na fase BETA, o que significa que ainda não foi liberado para usuários, apenas para testes. O aplicativo se mostrou dinâmico e através de um modelo 3D como o Hand Talk, ele ensina Libras por temas variados, explorando cada temática como um pilar de compreensão da língua.

Agora que você já conhece algumas ferramentas para aprender Libras, que tal praticar?

Mas não dependa somente dos aplicativos, a internet é uma fonte de conteúdo repleta de oportunidades educativas voltadas ao ensino dessa língua. Canais no Youtube como o Libraspro, Letras-Libras UFRJ e Libras Pernambuco podem ajudar você nos estudos.

Também é possível fazer cursos gratuitos como o Introdução à Libras da EVG (Escola Virtual do Governo) ou o Língua Brasileira de Sinais da USP (Universidade de São Paulo).

Busque, aprenda e compartilhe essa língua que precisa cada vez mais de espaço no cotidiano brasileiro. Libras é fundamental para uma sociedade mais completa e inclusiva, seja você parte desse projeto humanizador de integração.

*Este post foi uma contribuição voluntária de Márcio Araújo dos Santos.

Márcio Araújo tem 23 anos, é formado em Comunicação Social – Jornalismo e atualmente cursa o técnico em Multimídias no ETE Porto Digital. Trabalha com produção de conteúdo desde a adolescência, atuando em diversos ramos. Busca na educação caminhos para beneficiar o meio em que vive e é um consumidor fervoroso de produções literárias de ficção e mangás.

Blog

Tema da Redação do ENEM 2020 é sobre Saúde Mental

No dia 17 de janeiro de 2021, a prova de redação do ENEM trouxe como tema “O estigma associado às doenças mentais na sociedade brasileira”. Os candidatos deveriam fazer um texto dissertativo-argumentativo e a nota pode chegar a até 1.000 pontos. Este tema veio logo após o ano conturbado de 2020, com toda a vivência trazida pela pandemia do Novo Coronavírus, quando nos vimos cercados de questionamentos não apenas sobre o vírus e suas consequências, mas também por temas como o isolamento social, a ansiedade, a depressão, o medo e tantas outras questões que precisam de uma atenção maior.

O tema também foi bem-vindo num mês de conscientização sobre saúde mental e emocional. Desde 2014, a Campanha Janeiro Branco busca fomentar uma cultura de saúde mental e tem como lema “todo cuidado conta”. A cor escolhida está associada à uma tela em branco, ao momento que escolhemos para traçar novas metas e para refletirmos sobre nossas emoções e sobre a nossa existência.

Ao falar sobre o tema do ENEM 2020, em primeiro lugar, é necessário saber o que é estigma e entender que é diferente de preconceito. Estigma se refere a uma marca ou sinal ou cicatriz que “caracterizaria” aquela pessoa ou grupo. Hoje, o significado se estende para um conceito definidor daquilo de que se fala. Quando se volta para questão de doenças mentais, sabemos que surgem os mais diversos estigmas, como incapazes, infelizes, destoantes de um padrão. Pessoas marginalizadas por uma sociedade que se considera sā. Falar sobre essas “tarjas” ou “rótulos”, nos faz refletir sobre a ideia de marginalização, descaso, desumanidade, desrespeito infame que já se observou na chamada “política de saúde mental” do Brasil e que hoje ainda perdura ecoando na cabeça de tantos.

A psiquiatria e a psicologia avançam em seus cuidados, mas se debatem com essas marcas a ferro que ainda são postas em pessoas do nosso convívio, que utilizam medicamentos diferentes e apresentam comportamentos diferentes. Na verdade, tememos o diferente e somos reféns de nossa ignorância, somos estigmatizantes com o que não compreendemos. Escorraçamos de nosso padrão tão “perfeito” tudo que nos parece “bizarro”, e nos tornamos “bizarros” quando acreditamos no tal padrão. Sofremos por questões emocionais.

Ano passado, vimos tantos (e nós mesmos) mais ansiosos e impotentes diante de nervos a flor da pele de muitos. Vimos nossa fragilidade mental estampada nos choros e lamúrias das perdas. Continuamos a assistir hoje um crescente de mortes e uma frieza de quem poderia agir. Estigmas? Dirigimos sem fim, somos seres escravos da necessidade de pureza de vida, acreditamos ainda na perfeição de comportamentos, cremos na possibilidade de exterminar os defeitos e negar nossas ramificações familiares. Preferimos ignorar os problemas ou os necessitados de olhar humanizado. É mais fácil enxergá-los sob o estigma de “louco”, “alienado”, “perdido”, do que trazê-lo para o lado e cuidar.

Que o tema tenha servido para reflexão de todos e para que no nosso cotidiano também possamos pensar em mais acolhimento, empatia e respeito ao outro. Que essa discussão sobre saúde mental não acabe por aqui.